• +55 21 2524-6917 | eventos@acobrasil.org.br

Ministro da Fazenda discute as Tendências da Economia Brasileira

O Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, proferiu uma Conferência Magna no início da manhã de hoje, durante o Congresso Aço Brasil, na qual tratou das Tendências da Economia Brasileira. Meirelles deu início à apresentação falando sobre o momento de crise. Segundo ele, o Brasil passou pela pior recessão de sua história. “Foi a pior crise desde que o PIB começou a ser medido, mas agora foi mais profunda e generalizada. E é desse cenário que estamos saindo, através de medidas e reformas.”

 

O ministro apresentou dados sobre as variações de juros, balanço das contas externas e traçou um panorama da atualidade. Para ele, a economia brasileira está sendo estabilizada de forma consistente, sólida e sustentável. “Olhando para o Brasil historicamente, tivemos, por muitos momentos, ciclos de recessão e crescimento. Alguns muito fortes. Estamos trabalhando para que o país possa ter períodos prolongados de crescimento e menos volatilidade, proporcionando à indústria maior produção com mais segurança. É um trabalho duro, mas a ideia é que a partir de 2019, com a aprovação das reformas, possamos ter um cenário de estabilidade e desenvolvimento.”

 

Por fim, Meirelles detalhou o impacto econômico das reformas que estão sendo avaliadas, falou sobre o desemprego e perspectivas futuras para o PIB. De acordo com o ministro, o PIB potencial, sem as reformas e sem recessão, pode ter um crescimento de 2,3%. Já com todas as reformas aprovadas, a taxa de crescimento pode ser de 3,5% a 4%, o que, consequentemente, irá refletir na geração de empregos.