• +55 21 2524-6917 | eventos@acobrasil.org.br

“O aço é o material para o próximo século”

Convidado para proferir a Conferência Inaugural do Congresso Aço Brasil, nesta quarta (23), em Brasília, o turco Baris Çiftçi, Head do Departamento de Matérias Primas da wordsteel Association, trouxe para o Brasil sua experiência na análise regional e global da indústria do aço, somada às atuais perspectivas econômicas do mundo. E a conclusão é boa para o setor: “O aço é o material para o próximo século”.

“O processo de industrialização depende de um movimento progressivo de migração do baixo valor para o alto valor agregado. Por isso os governos devem apoiar a inovação, a educação técnica e as trocas rápidas de informação entre os países; melhorando o ambiente de negócios, tornando-o mais democrático”, reforça o Head do Departamento de Matérias Primas da worldsteel. Baris destaca, no entanto, que as economias desenvolvidas já estão liderando o processo de adoção de medidas ambientais e criação de regulações mais rígidas. O que confirma o potencial futuro para o mercado do aço.

Baris Çiftçi procurou apresentar seus argumentos sob alguns aspectos, tais como as estimativas de crescimento populacional de cada região, envelhecimento demográfico, adensamento urbano, situação socioeconômica, comportamento de consumo e inovação.

“O cidadão mundial médio está se tornando mais rico. Em 2020, metade da população mundial será de classe média. É claro que este movimento acontece de forma diferente nas diversas regiões do país, mas a realidade é a da melhoria da condição econômica. Outro movimento paralelo é o do envelhecimento da população, sobretudo a urbana, que vai demandar melhorias de infraestrutura para atendê-la. Tudo isso é um potencial mercado para a indústria do aço”, destacou Baris Çiftçi.

Por outro lado, o engenheiro especializado em economia não deixou de levar em conta as mudanças no perfil de consumo e interesse da população mundial, bem como as cobranças sobre sustentabilidade ambiental e adoção rápida do conceito da economia circular. Como exemplo, mostrou os gráficos que apontam as direções opostas do consumo de carros a combustível e os com energia elétrica.

Baris Bekir Ciftci – É Head do Departamento de Matérias Primas da worldsteel, tendo se juntado à organização em 2010. Especializado nos mercados da Turquia, realiza análises diárias de estatísticas da indústria siderúrgica, correlacionando com os dados econômicos mundiais; traçando as implicações para o setor. Com vasta experiência na construção de modelos quantitativos para avaliar os motores da indústria siderúrgica, atualmente, Baris é responsável por monitorar o desenvolvimento do setor automotivo, de sucata e de ferro reduzidos.

Além de seu papel principal, Baris Ciftci tem participado de vários projetos em análises de mercado siderúrgicas regionais e globais, como os estudos regionais da worldsteel Egito 2025, a Índia Steel Vision 2020 e a Rússia 2020 e a análise das mudanças no sistema de preços de minério de ferro. Ele apresentou análises e previsões em inúmeras reuniões e eventos do comitê mundial e também apresentou as perspectivas e as mensagens do mundo inteiro em seminários e conferências.

Baris Ciftci tem título de Bacharel em Ciências de Engenharia Industrial pela Universidade Técnica do Oriente Médio, na Turquia, e um Ph.D. Licenciado em Economia pela Universidade de Tilburg na Holanda. Ele é cidadão da República da Turquia e atualmente mora em Bruxelas.